11 fevereiro 2009

Mais Uma "Boca de Fumo" Desativada !

Humaitá-Am. A Polícia Militar do Estado do Amazonas (4ªCIPM), fecha mais uma "boca de fumo" no bairro São Domingos Sávio. Os policiais militares, tiraram de circulação um trio que comercializava entorpecentes na periferia da cidade. Agora foi a vez do casal Deivit Wagner da Silva, 27 anos vulgo “batata” e Fabiane França Barros, 20 anos, vulgo “modelo”, além do aviãozinho Fagner Paulino da Cruz, 19 anos, vulgo “testa”.

Consta no Boletim Único de Ocorrência, que a equipe de inteligência da 4ªCIPM já estava no encalço do trio, por se tratarem de “cabeças” do Tráfico de Drogas na cidade. Após alguns meses de investigação, a equipe agiu com voracidade na madrugada do dia 11/02/2009 (quarta-feira), por volta das 00h:30min, realizando campana próximo a residência do casal “ batata e modelo”, e observou a movimentação de consumidores em busca de entorpecentes.

Em dado momento, uma moto passou em frente a boca de fumo e buzinou insistentemente e estacionou em uma rua deserta. O cidadão infrator “batata” sai da “boca” em sua bicicleta direcionando-se ao viciado, quando foi surpreendido pelos PM's, e ao ser abordado foi encontrado em seu poder aproximadamente 30 (trinta) gramas de cocaína envolvida em recortes de jornal.

A ação foi rápida e a equipe resolveu ir até a “boca de fumo"em busca de mais entorpecentes. A esposa de "batata", a “modelo” ao perceber que “ sua casa havia caído” tentou correr para dentro do quatro e foi flagrada tentando esconder o dinheiro da venda do material que totalizou R$ 1.400,00 (hum mil e quatrocentos reais), todos em notas trocadas entre R$ 100,00, R$ 50,00, R$ 20,00 e R$ 10,00.

No interior da casa foi preso o aviãozinho do casal, o “testa”, que tentou evadir-se e também foi capturado, e ao ser revistado portava 01 (uma) trouxinha de pedra de óxido de cocaína. Mesmo flagranteados, o casal não perdeu a pose. “Modelo” pediu que tirasse mais fotos para que ficasse famosa e “batata” declarou que "a empresa era forte", e por este motivo não iria demorar muito na cadeia. A ousadia do casal era tanta, que eles comercializavam entorpecentes na frente de seus filhos menores.
Essa foi mais uma ação da PM de Humaitá-Am (4ªCIPM), no combate ao Tráfico de Drogas. Não se intimidem caros leitores, continuem denunciado através do disk-denúncia (97) 8121-0285 ou 190 (emergência), afirma o Capitão PM Gioia - Comandante da 4ª CIPM.

Fonte: Assessoria de Comunicação da PM de Humaitá-Am