12 junho 2009

Acidente de Trânsito na BR-319 com Duas Vítimas Fatais


Um acidente de trânsito ocorrido no início da noite de segunda-feira (08/06/09), no KM-60 da BR-319 (sentido Humaitá-Am-Porto Velho-RO) teve como triste saldo a morte de 02 (dois) homens. 



Segundo informações, por volta das 18h de segunda-feira (08), Benilto Freitas Gomes, 30 anos e seu cunhado, Gilvan Valente Vieira, 22 anos, atravessaram a balsa do Rio MAdeira em Porto Velho-RO com destino a Humaitá-Am, em uma motocicleta marca Honda, modelo Bros, Placa NOK-9239. 


Benilto era quem pilotava a moto e ao se aproximar da ponte do KM-60, por motivos ainda desconhecidos, bateu na proteção lateral a poucos metros do início da ponte e foram arremessados dentro do igarapé. O corpo de Benilto foi localizado, na tarde de terça-feira (09), por acaso, pelo filho de um trabalhador que está construindo cercas na região do acidente e acionou a PM que trouxe o corpo já sem vida para a Unidade de Saúde de Humaitá-Am. 


Grupo de Busca e Salvamento (GBS) do 54º BIS 
Tão logo foi confirmada a identificação de Benilto, veio a informação que ele não estava sozinho. Como nada mais foi encontrado no local, veio a suspeita que Gilvan poderia estar no fundo do igarapé junto com a motocicleta. A Polícia Militar enviou um ofício ao Comandante do 54º BIS, solicitando o envio do seu grupo especializado em buscas e salvamentos; o GBS. Assim que o pedido chegou ao batalhão, na manhã de quarta-feira (10), o Coronel Nery - Cmt do 54º BIS, enviou o GBS para o local visando à localização e resgate do acidentado. 


O pai de Gilvan, o Srº Geci Peres Vieira, morador do Distrito de Santo Antônio do Matupi (KM-180 da BR-230) foi ao batalhão para pedir auxilio nas buscas e ficou surpreso ao saber que os militares já estavam partindo para o local. O Srº Geci acompanhou a equipe. 


Ainda na manhã do dia (10), o corpo de Gilvan, a motocicleta e a mochila de Benilto já haviam sido localizados e retirados do fundo do igarapé, com a ajuda de alguns trabalhadores da região. Os militares do GBS entregaram o corpo, a motocicleta e a bolsa às autoridades policiais de Humaitá-Am. Os corpos foram enterrados no final da tarde de quarta (10/06/09).


Fonte: Jornal O Curumim (adaptado po Blog do Leão)