15 agosto 2009

PM de Humaitá-Am prende quadrilha e descobre nova rota do tráfico



Policiais militares da 4ª CIPM, destacados no Distrito de Santo Antônio do Matupi, pertencente ao município de Manicoré-Am (KM-180), da BR-230 Tranzamazônica, prenderam na noite da última quinta-feira (13) por volta das 20h30min, uma quadrilha acusada de tráfico de entorpecentes e com isso, descobriu uma nova rota usada para tráfico de drogas.


Na operação foram presos: Vanildo Patrocínio Torres, de 30 anos, natural de Linhares-ES, acusado de ser o dono dos entorpecentes; Alessandro Melo da Silva, de 24 anos, de Ouro Preto do Oeste-RO, preso vendendo parte dos entorpecentes; Leide Daiane da Silva, de 24 anos e Nelíssia Andrade Araújo, de 18 anos, que seriam garotas de programa usadas para captar clientes para a quadrilha.


Foram apreendidos 92 trouxas de crack e mais 246 gramas de crack em pedra.
Os acusados foram trazidos para Humaitá-Am (Delegacia de Polícia mais próxima) para serem flagranteados e depois serem transferidos para o presídio em Manicoré-Am.


Num levantamento preliminar não foram descorbetos antecedentes criminais contra os acusados. Porém, tendo em vista nenhum deles ter apresentado documento de identificação, é possível que algum deles tenha fornecido nome falso aos policiais, a averiguação continuará.


O Ten Cel PM Piccolotto, Cmt do CPR-SUL, declarou que já haviam suspeitas e que agora, com a prisão da quadrilha, foram confirmadas sobre o uso da rota: Saída de Machadinho do Oeste-RO, pela estrada do Estanho, com destino a Belém-PA.


O Cap PM Gioia, Cmt da 4ª CIPM disse que todo o crédito pelo sucesso da operação é dos policiais destacados no KM-180, que diuturnamente estão empenhanhados na garantia da lei e da ordem pública.


Fonte: Assessoria da PM e Jornal O Curumim (adaptado)
Fotos: Assessoria da 4ª CIPM