21 agosto 2009

PM prende Borracheiro que tinha 3 mandados de prisão

No ínicio da noite desta segunda-feira (17), a equipe de inteligência da Polícia Militar pôs fim a uma busca que já durava anos.

Edivaldo da Silva, vulgo "Didi", de 22 anos, foi preso na borracharia que montou em Humaitá para tentar se esconder e se livrar dos 03 mandados de prisão que a justiça do estado de Rondônia expediu em desfavor dele.

Didi, que estava a cerca de 02 anos em Humaitá, estava foragido da cidade de Cacoal-RO, onde é considerado um dos criminosos mais perigosos da região.

Sua fama se deve a maneira e a agressividade que usava na prática de seus crimes.

Segundo a Polícia Militar, ele assaltava as pessoas, roubava-lhes os carros e mantinha as famílias das vítimas em seu poder até conseguir atravessar o carro para a Bolívia. Só depois de estar "em segurança", liberava os reféns.

O Cap Gioia, Cmt da 4ª CIPM, contou que ao ser abordado, Edivaldo forneceu nome falso, mas, como não havia documentos e os policiais estavam de posse dos mandados e de fotografias dele, ele não teve como escapar.

Já na Delegacia, Edivaldo desacatou o TC Piccolotto, Cmt do CPR-Sul e vai responder por mais este crime.

"Isso serve de recado para os bandidos que estão pensando que vão se esconder em Humaitá e viver tranquilamente. Pelo contrário; a PM vai dar é muito trabalho a eles!" avisou o TC Piccolotto.

Fonte e Fotos: Jornal O Curumim (www.ocurumim.com.br) e PM.