07 setembro 2009

Comando da PMAM Cria o "Batalhão Raio"


A Polícia Militar do Amazonas lançou hoje, durante o desfile militar que comemora os 187 anos da Proclamação da Independência do Brasil, o Batalhão Raio (Batalhão de Resposta Rápida, Apoio e Intervenção Operacional), ao se apresentar junto do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) e das Forças Armadas Brasileiras (Exército, Marinha e Aeronáutica). A criação da nova unidade visa dotar Manaus-Am, de maior segurança para Copa do Mundo de 2014.


O desfile previsto para começar às 07h30. Os homens que compõem a nova Força da PM devem entrar no Centro de Convenções, o Sambódromo, vestindo um fardamento preto, com o rosto camuflado. O Batalhão, que será subordinado ao Comando de Policiamento Especial (CPE), comandado pelo Coronel PM Almir David Barbosa, será composto, inicialmente, de quatro companhias: a Companhia de Operações Especiais (COE), a de Manejo de Artefatos Explosivos (Marte), a de Motocicletas e a de Viaturas e a Pé, mas terá espaço para mais duas companhias que serão criadas posteriormente, onde deve estar o grupamento aéreo.


Até ontem, o Comando Geral da PM fazia mistério em cima do lançamento do Batalhão, que será comandado pelo Major PM José Cláudio Silva. Procurado, ele não quis falar a respeito da novidade.


O Comandante Geral da PM, Coronel PM Dan Câmara explicou em poucas palavras o que será o novo Batalhão. “É o homem treinado, formado, dotado de uniforme especial, armamento especial, equipamento especial e logística de transporte específico para atuar em qualquer lugar do Amazonas”, afirmou.


Com muita insistência, o comandante disse que o novo Batalhão será lançado com 150 policiais, podendo chegar até 250. “Queremos qualidade na ação e não quantidade”, afirma. Segundo o Coronel Dan Câmara, o Batalhão Raio foi criado por uma Lei, dentro do CPE. “Com essa configuração que o Batalhão Raio tem, ele é o único em todo o País. E estamos prontos para atuar em conjunto com o Corpo de Bombeiros, a Polícia Civil, a Federal e ainda com o IBAMA e o IPAAM, nas ações ambientais”, garantiu o comandante.


O objetivo do Batalhão Raio é atuar na capital e no interior do Amazonas, nas calhas dos rios, na região da tríplice fronteira, área de intenso tráfico de drogas. “Ele nasce de uma necessidade que observamos que temos de combater o tráfico de drogas dentro do interior com resultados que se refletem nas cidades e na capital”, disse Dan Câmara.


Os policiais que formam o Batalhão, em parte, são da turma nova que entrou no ano passado na PM, por intermédio de concurso público, e outros policiais selecionados. Eles foram treinados na Força Nacional e atuaram, em treinamento, em estados como Rio de Janeiro, Espírito Santo, Maranhão, Mato  Grosso e no entorno de Brasília.

Autor: Saulo Borges / Foto: Euzivaldo Queiroz
Fonte: Da equipe de A CRÍTICA
(adaptado)