03 novembro 2009

Mais cinco fogem do presídio de Humaitá-Am



Sem querer ser repetivo, mas, devido a proximidade e características iguais dos fatos, torna-se impossível escrever uma matéria de maneira diferente.

Poucas horas depois de noticiar uma fuga em massa, na qual quatro detentos evadiram-se da Unidade Prisional de Humaitá (UPH), chega a informação de nova fuga em massa.

A fuga não foi diferente das outras. Durante a madrugada eles serram as grades, pulam o muro usando cordas improvisadas e desaparecem.

Na madrugada desta terça-feira (03/11), cinco detentos fugiram da UPH. São eles:  Cristiano Mendonça, Dhion Reule Lobato dos Santos, vulgo "Jhony", Francisco dos Santos Cardoso, José Rodrigo Neves dos Santos, vulgo “Rexona” e Hidelbrando Pantoja dos Santos, vulgo "tatu".

Como foi citado por um policial na reportagem anterior, “na UPH só fica preso quem quer”, referindo-se a fragilidade física das instalações e também da questão da segurança.

Na falta de Agentes Penitenciários, quem “toma conta” dos presos são outros presos de menor periculosidade.

Não perca as contas! Agora são nove os foragidos apenas nos dois últimos dias. Pessoas que tem contas a acertar com a justiça e agora estão livremente no convívio da sociedade.

A polícia se vê obrigada a suspender operações e investigações para somar esforços na busca e recaptura dos fugitivos.

A população que tanto tem colaborado com o trabalho policial, através do 190 ou do Disk-Denúncia (8111-1110), mais uma vez é convocada para auxiliar na captura dos foragidos, mesmo sabendo que eles só ficaram presos até a próxima fuga que, pelo ritmo, deve estar bem próxima.



Fonte: Jornal O Curumim (Alex Maria)
Foto: PM de Humaitá-Am