14 junho 2010

Polícia Prende Pistoleiro que Tentou Assassinar o Prefeito de Manicoré

A polícia prendeu, no último sábado (14/06), Ronilson Brito de Azevedo, 32 anos. Ele é suspeito de ser o pistoleiro que quase ceifou a vida do atual prefeito de Manicoré-AM, Manoel de Oliveira Galdino, o ‘Nena’, com três tiros.

O crime aconteceu em janeiro do ano passado, no centro de Manaus, quando ele levava o filho para a escola. O prefeito perdeu o rim e ficou paraplégico. Ele continua afastado para tramentos médicos.

De acordo com o advogado de Nena, Patrick Marzano, que acompanhou a prisão de Ronilson, o suspeito estava em Manicoré-AM visitando familiares, quando foi preso pela Polícia Militar. Ele estava disfarçado, mas foi reconhecido por moradores da área. A prisão preventiva dele foi decretada pela juíza Mirza Telma, do 1º Tribunal do Júri Popular.

Ronilson já havia sido preso em outubro do ano passado, junto com nove homens, suspeitos de participação no atentado. “Ele não usou capuz para proteger o rosto e acabou sendo reconhecido por uma testemunha. Isso foi decisivo para a decretação da prisão preventiva”, afirmou.

Ronilson foi levado a Manaus por policiais militares da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) e levado para a sede da Delegacia Especializada em Capturas da Polinter, no bairro João Paulo, zona leste.

Segundo Patrick, as investigações do atentado contra Nena buscam revelar, agora, os mandantes do crime. “Com a prisão do pistoleiro, vai haver outras prisões em breve”, afirmou.

Fonte e Foto: Portal Manicoré