07 setembro 2010

GIC prende quadrilha de assaltantes

A quadrilha foi surpreendida na madrugada do dia 1º de setembro por volta das 4 horas por uma equipe do Grupo de Investigação e Capturas (GIC) de Rondônia, que comandada pelo Dr. Jeremias efetuaram a prisão de 6 indivíduos que vinham realizando assaltos em residências, comércios e bancos nos Estados de Amazonas e Rondônia. 

Depois de meses de investigações o GIC considera ter capturado todos os componentes da quadrilha. Foram presos Otaviano José de Melo, vulgo “Coroa”; João Maicon Macêdo Fonseca, vulgo “Carne Moída”; Elmo Castro Cardoso da Silva, vulgo “Epitácio”; Anderson Bonfim Vieira, vulgo “Careca”; Aparecido Gomes Borges, vulgo “Cidinho” e José Cheisan Barros de Souza, vulgo “Tio Gleison”. 

A operação teve a participação da Polícia Militar de Humaitá, que no dia 21 de agosto realizou a captura de Eduardo Henrique da Silva Tavares, 26 anos, vulgo "Duda", integrante deste bando (veja). 

Segundo informações do GIC o “bando” assaltou uma agência do Banco Bradesco na cidade de Novo Aripuanã/AM, subtraindo cerca de 500 mil reais daquela agência. Levaram 75 mil reais de uma residência na cidade de Lábrea/AM e 1 milhão da mesma espécie do Banco da Amazônia no município de Cujubim/RO, dentre vários outros assaltos levantados pelas investigações. 

Devido à ousadia de suas ações e potência de seus armamentos a quadrilha era considerada como uma das mais perigosas facções criminosas do Estado de Rondônia. Com o grupo foi apreendido 01 (uma) metralhadora “Uzi” de fabricação israelense, 01 (um) revólver calibre 38, 01 (uma) pistola ponto 40 com a numeração raspada, além de outros materiais que eram utilizados para romper os cofres.

Fonte e Foto: Jornal o Curumim