30 abril 2011

Polícia Militar e Bombeiros ameaçam fazer greve no Amazonas

Por Síntia Maciel

A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros deverão paralisar as suas atividades na próxima semana como forma de protesto para que o governo do Estado anuncie o percentual de aumento salarial, bem como aprove a lei de Subsídios.

A data de paralisação será definida dia (29/04), durante a assembléia geral, que será realizada na sede da Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (ASSPBMAM), localizada no bairro de Flores, Zona Centro-Sul de Manaus, entre a associação e demais entidades que representam os interesses dos bombeiros e policiais militares.
O salário da Polícia Militar do Amazonas é o 23º pior do Brasil. O percentual de reajuste que deveria ter sido anunciado no último dia 21 (data base da categoria)- não correu. A nossa expectativa é a de que seja anunciado 30% de reajuste”, declara o presidente do ASSPBMAM, sargento Francisco Pereira da Silva, o “Pereirinha”.
Além da paralisação outros assuntos também serão debatidos durante a assembléia como o anúncio do percentual de aumento salarial e a Lei de Subsídios. Categorias exigem anúncio de reajuste no soldo e aprovação de lei que institui piso salarial.