18 julho 2011

PM Humaitá-AM Realiza Prisão de Infrator por Falsidade Ideológica

Por Blog do Leão


Humaitá-AM. A Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (SEAI/SSP-AM), acionou o Comando da 4ª CIPM, através do Capitão PM Márcio Leite, para interceptar uma embarcação que viria do municipio de Manicoré-AM que tinha como passageiro um cidadão acusado de aplicar vários golpes em mais de 30 pessoas na capital Manaus-AM, e que trazia consigo 02 (duas) adolescentes sem o consentimento dos pais, do interior do município de Nova Olinda do Norte-AM, comunidade de Canumã, caracterizando a denúncia da familia das jovens, como  tráfico de mulheres.

Em Manaus-AM, o referido cidadão identificava-se como Arkami Ali Mohamed Yacub, mais ou menos 40 anos. Apresentava-se como sendo Advogado, Defensor Público, Pastor da igreja Assembléia de Deus Nova Vida, Contador, Juiz de Paz, Motorista, Cantor Evangélico, conseguindo obter das vítimas cerca de R$ 20 mil reais com seus golpes. 

Por volta das 21h00min do dia 17/07 (domingo), atracou no porto de Humaitá-AM uma embarcação que foi abordada pela Polícia Militar, sob o Comando do Tenente PM Daniel Melo, que de imediato identificou um casal com as características relatadas, alojados em um dos camarotes do barco. O cidadão identificou-se como sendo ALEXANDRE DA SILVA CAMPOS, 28 anos, portando documentação provavelmente falsa. Ele estava acompanhado de uma adolescente, que se identificou como Edna Estumano Correia, 18 anos.

O referido cidadão, Alexandre, muito nervoso, não sabia sequer dizer o próprio nome. Portava documentos de outras pessoas, cartão onde se dizia advogado OAB-RO nº 1049, onde atende causas criminalistas, cíveis, trabalhistas, divórcio, policiais e relacionadas à área comercial. Devido à suspeição de sua identidade, de aplicar golpes e por tráfico de mulheres, o mesmo foi detido e conduzido até a 8ª DRPC para que seja investigado e tomadas as medidas cabíveis.    

Fonte e Foto: Seção de Comunicação da 4ª CIPM