11 abril 2012

Dilma barra a PEC 300 e ainda quer dinheiro do Pronasci de volta


Já pensou você, policial, tirar R$ 443,00 por mês do seu salário para cobrir um rombo causado pelo próprio governo?

Os salários pagos aos profissionais da segurança pública no Brasil são tão ridículos que qualquer esmola engana esses trabalhadores. 

Os R$ 443,00 da chamada Bolsa Formação (Pronasci), por exemplo – em que o governo federal tapeou milhares de policiais no Brasil com uma pseudo ‘capacitação’ – deixou muita gente abobalhada. Um dia a bolsa se foi, e aqueles velhos R$ 443,00 começaram a fazer falta.

O problema é que agora o governo Dilma (PT), além de fazer de tudo para não aprovar a PEC 300, está pedindo o dinheiro de volta a milhares de profissionais.

A alegação seria uma falha na aprovação dos requerimentos. Ou seja, muitos policiais, bombeiros e agentes penitenciários não deveriam ter recebido o ‘miguelito’, pois não se enquadravam nos requisitos exigidos pelo Ministério da Justiça.

Ora, os policiais não roubaram esse dinheiro. Fizeram um cadastro e tiveram as condições aprovadas. Se houve erro, certamente – e como sempre – foi por parte de quem administra as finanças do país.

Sou filho de policial e sei muito bem como funciona essas coisas. Clique aqui e veja o tamanho desse absurdo publicado no Correio Brasiliense.

Nota do Blog do Leão: Caros leitores, já vi muitas maracutaias nessa vida, mas um absurdo como este, jamais foi visto no país, os profissionais de segurança pública que não tem nada haver com o erro do governo federal, deverá arcar com as consequências de devolução do dinheiro público, algo nunca visto no país, é amigos mas como dizem "a corda sempre rebenta do lado mais fraco", Srª Presidenta Dilma o que está fazendo com os policiais é uma tremenda de uma sacanagem, Vossa Excelência exterminou a PEC/300 e o PRONASCI, agora só falta acabar com a Polícia e com suas famílias.