09 junho 2013

Bandido capturado e furto solucionado em Humaitá


Fotos Repórter Cobra
Fotos Repórter Cobra
Uma denúncia de furto nesta manhã de domingo (09/06), levou a guarnição da PM, comandada pelo  SD PM Jandir Gomes a prender o suspeito de praticar furto, na residência da Srª Ditlinde Marga Gutknecht, de 73 anos. O elemento Jucelino Pinto de Assunção, 6 anos morador da Rua Olegário Mendonça, no bairro de São Cristovão, que foi denunciado pela vítima como suposto autor de praticar o furto em sua residência. O elemento suspeito foi encontrado e conduzido a delegacia de polícia civil para ser interrogado. Depois de constatado o furto pelo meliante, foi recolhido a cadeia onde ficará recolhido a disposição da justiça.

COMO ACONTECEU O FATO

A Senhora Ditlinde moradora da Avenida Brasil, enfrente a escola estadual GM3 conta que saiu de sua residência pela manhã para ir até a igreja Luterana onde congrega, para participar do culto dominical, que é realizado todos os domingos. A igreja fica localizada enfrente ao Presídio da cidade na Rua Pe. Pena. Ela conta que, logo após o encerramento do culto se deslocou até sua casa para recolher o leite que é entregue todas as manhãs, e ao chegar próximo da casa encontrou o elemento suspeito, que segundo ela realizou alguns trabalhos em sua casa, como pintura e carpintaria. O elemento ao encontrar a senhora lhe informou estava alí devido ter ido recolher folhas de uma arvore, para fazer um chá, para o mesmo, pois, havia sido indicado por alguém para tomar o chá que o mesmo ficaria melhor de saúde. Ela nada suspeitou e continuou seguindo em direção a sua casa. Ao chegar novamente o elemento desta vez de motocicleta, parou enfrente a casa da vítima e perguntou se estava tudo bem. A senhora disse que sim, mais para sua surpresa ao entrar observou a porta da cozinha entreaberta o que imediatamente lhe causou suspeita de roubo em sua casa. Dona Ditlinde foi até seu quarto e percebeu que, o mesmo havia sido invadido também. Ela foi até o local em que guardava dinheiro proveniente do faturamento de sua pequena loja de confecções que funciona enfrente a sua moradia. Nervosa e assustada denunciou imediatamente o furto acontecido a polícia militar, que rapidamente capturaram o suspeito encontrando com elemento suspeito os valores desaparecidos da casa de dona Ditlinde.

Jucelino Pinto de Assunção, já havia trabalhado na residência de dona Ditlinde, de onde anteriormente também desapareceu outra quantia no valor de R$ 1.200,00 (Hum mil e duzentos reais). O carpinteiro, que não era suspeito, pois, tinha trabalhado anteriormente na casa da vítima, foi contratado desta vez para pintar as paredes da casa. Dona Ditlinde suspeitou do mesmo desta vez, pois, o furto teve a estranha presença do bandido próximo do fato em atitude suspeita. Jucelino desta vez furtou a quantia R$ 3.260,00 mais não contou com a mesma sorte da vez anterior e foi capturado pela equipe de policiais e recolhido para responder pelo crime cometido.

Fonte: A Crítica de Humaitá
Foto: Repórter  Cobra