08 dezembro 2013

Ronda no Bairro é implantado em Humaitá-AM, município do Sul do Amazonas

Humaitá-AM, distante 590 km da capital Manaus-AM, teve programa inaugurado no sábado. Implantação visa conter assaltos no município e em comunidades rurais.

Do G1 AM
Ronda no Bairro Zona Centro-Sul de Manaus (Foto: Adneison Severiano/G1)Ronda no Bairro Zona Centro-Sul de Manaus (Foto: Adneison Severiano/G1)
O programa de segurança Ronda no Bairro foi inaugurado, neste sábado (7), em Humaitá, distante 590 km de Manaus. O índice elevado de assaltos no município motivou a implantação, segundo a polícia. Cerca de 178 policiais militares foram enviados da capital e deverão compor o efetivo que realizará o patrulhamento em 13 bairros e mais três comunidades rurais. Pelo menos outras oito cidades do Amazonas deverão receber o programa até fevereiro de 2014, segundo divulgou o governo estadual.
De acordo com secretário executivo adjunto, coronel Amadeu Soares, o município de Humaitá, de aproximadamente 49 mil habitantes, foi o pioneiro no Sul do Amazonas para inibir ação de assaltantes na região e impulsionar o desenvolvimento local.
  "Confirmamos a necessidade da implantação do Ronda nos Bairros em Humaitá logo após a constante ocorrência de grandes roubos na área, a exemplo o assalto do banco de Lábrea.  Além disso, a cidade faz divisa com Rondônia e Pará, e existem diversas rodovias que cortam o município. Logo, o programa atuará também como uma estratégia de desenvolvimento", relatou o coronel.
De acordo com ele, Humaitá está recebendo um investimento de mais de R$ 5 milhões para a construção das unidades policiais no município, além de R$ 2.100.000,00 destinados a compra de armamentos, viaturas, aparelhos de radiocomunicação e sistemas de informação. Para ele, a expansão do projeto representa o reconhecimento de uma polícia "menos reativa e mais proativa".
No planejamento do programa, o município está dividido em sete setores, distribuídos para atender também as comunidades da área rural da cidade. O coronel garante que  comunidades antes isoladas, como Santo Antônio do Matupi, Vila da Preguiça e Realidade, pertencerão também aos setores atendidos pelo programa.
Ainda segundo ele, serão dispostas 26 viaturas, sendo 11 veículos e 15 motocicletas para auxiliar as polícias Civil e Militar na execução do programa.
De acordo com Governo do Estado, Parintins, distante 369 km da capital, deverá ser a próxima cidade a receber o policiamento.
Fonte e Foto: G1 Amazonas