09 maio 2014

Deputado diz que diretores de presídios no Amazonas são mandados por presos ligados ao tráfico e ao crime organizado


Deputado presidente da Comissão de Segurança da Aleam
Às vésperas da Copa do Mundo de Futebol, quando milhares de turistas de diversas partes do mundo se deslocarão para Manaus, o sistema penitenciário estadual continua sendo alvo de polêmica pelas facilidades que favorece aos bandidos de diversos matizes, inclusive os diretamente comprometidos com o tráfico de drogas e o crime organizado.


&&&&&



Ontem, em contundente pronunciamento na Assembleia Legislativa, o deputado estadual presidente da Comissão de Segurança da Aleam, detonou o sistema, confessando indignação com o que viu em recente visita à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa e a outros presídios à mercê dos bandidos e com policiais e agentes penitenciários relegados à própria sorte.



&&&&&



Com a solidariedade dos deputados José Ricardo Wendling (PT) e Sidney Leite (DEM), Maciel disse não haver dúvidas sobre a precariedade dos presídios, onde os valores se invertem. Os bandidos, na realidade, dão as cartas, e o diretor, policiais e agentes apenas se submetem.O que prevalece nos presídios são as ordens que partem de dentro das celas”, afirmou Cabo Maciel ao CORREIO DO ZACA.



&&&&&



O deputado garantiu que convidará o secretário de Justiça, coronel Louismar Bonates, para acompanhar a Comissão da Aleam em nova visita à Raimundo Vidal para ver in loco a situação de abandono e de terror existente ali. “Os presos estão mandando nos diretores de presídios em todo o Estado do Amazonas, eu tenho certeza, e é preciso dar um basta em tudo isso”, enfatiza.


Secretário de Justiça Louismar Bonates

Cidade do crime


De acordo com o deputado, os presídios hoje, na capital e no interior do Estado, são totalmente comandados pelos bandidos a serviço do tráfico e do crime organizado. Não é à toa que Manaus, por isso mesmo, está sendo vista como a cidade do crime depois que levantamento de uma Ong mexicana a classificou entre as 16 cidades mais violentas do País.



&&&&&



Nos presídios, por um lado, os bandidos ditam normas de comportamento aos policiais e usam celulares à vontade, falando com seus advogados ou tratando dos negócios relacionados ao tráfico.



&&&&&



Do outro, os agentes penitenciários trabalhando em regime de escravidão, pela hora da morte, sem nenhuma condição e expostos a sérios problemas de saúde em razão do ambiente fétido e de total degradação onde atuam.

Fonte e Foto: Portal do Zacarias