05 agosto 2015

Terror do Km-180 (Santo Antônio do Matupí) é Morto a Tiros


Como diria o ditado popular, "Quem com ferro fere, com ferro será ferido", retrata bem o assassinato de Maciel Ubirajara de Lima Machado, 40 anos, vulgo "Rupiado ou Arrepiado" no Distrito de Santo Antônio do Matupí (Km-180 da BR-230), pertencente a Manicoré-AM, figurinha carimbada no mundo do crime e bastante conhecido pela Polícia Militar, por cometer uma série de crimes, suspeita de homicídios e tentativa, ameaças, envolvimento com veículos roubados e andar armado aterrorizando as famílias matupienses, etc. 

"Rupiado" era acusado de uma série de crimes no Km-180 Santo Antônio do Matupí, a mando de empresários e grileiros de terras, e sua trajetória naquele Distrito não demorou muito, envolveu-se também em conflitos de terras em Mato Grosso. Maciel foi alvejado com 01 (um) tiro na altura do tórax, não resistindo ao ferimento e vindo a óbito.

“Rupiado” foi preso, em 2014, acusado de ser o autor de uma tentativa de homicídio ocorrido na sexta-feira (18/04/2014) quando disparou cinco tiros em Welson Aparecido dos Santos, 37 anos por volta das 23:20h na comunidade de Santo Antônio do Matupí na tentativa de assassinar a vítima, porém, seu objetivo não foi concretizado. Depois de agonizar com tiros recebidos quando circulava em um veículo na comunidade, Welson Aparecido foi socorrido e identificou o autor dos disparos, que lhe acertaram em cheio, mais que por sorte não foram fatais. 

Dados do TRF-1: MACIEL UBIRAJARA DE LIMA MACHADO, alcunha "rupiado", brasileiro, união estável, carpinteiro, ensino fundamental incompleto (5ª série), nascido em 19/07/1975, natural de Santiago/RS, portador do Certificado de Dispensa de Incorporação nº 282457-R 31ª CSM e CPF nº 578.099.412-91, filho de Marcial Machado e de Eloína de Silva Machado, atualmente residia no Km-180 da BR-230.


Fonte:  Humaitá em Foco e Folha da Mangaba